Blog do Citadini


Aos caros amigos do meu blog

Muito sensibilizado, agradeço a todos pelas mensagens de amizade, solidariedade e conforto, que me enviaram neste momento particularmente doloroso para mim, e para minha família, pela inesperada perda da nossa inesquecível Eliane.

A todos estes amigos, que me enviaram tantas palavras carinhosas, pelo meu blog, email, telefone ou telegrama, fico profundamente grato, envolvendo-os num comovido e cordial abraço.

Antonio Roque Citadini e família



 Escrito por blogdocitadini às 18h31 [] [envie esta mensagem] []






Adeus, Eliane.

ANTONIO ROQUE CITADINI e família ARONOVICH CUNHA - Mãe, irmãos, irmãs e sobrinhos - comunicam a passagem da amada e para sempre querida

ELIANE ARONOVICH CUNHA

no dia 20/12/2007, em São Paulo.
A cerimônia de cremação ocorrerá às 16h do dia 21, no Crematório de Vila Alpina, São Paulo.



 Escrito por blogdocitadini às 09h39 [] [envie esta mensagem] []






Juca errou feio


Adriano no São Paulo! Elementar!

Confirmado o empréstimo de Adriano ao São Paulo até o meio do ano que vem, mais uma vez as coisas ficam muito claras: qual é o time favorito para ser campeão paulista, brasileiro e da Libertadores?

É aquele que não só já está pronto, que manteve o técnico, que perdeu Breno mas trouxe Juninho e que, agora, conta com o Imperador.

Sim, Adriano é uma aposta (como Acosta), mas uma aposta que ficará dentro do padrão salarial do clube e inferior, por exemplo, ao que se paga a Rogério Ceni.

E por que Adriano escolheu o São Paulo, não o Santos, o Palmeiras, o Flamengo etc?

Não só porque o tricolor é o clube brasileiro com mais títulos internacionais, mas, também, porque é o clube que tem o melhor centro de recuperação de atletas etc e tal.

Coisas que não se fazem da noite por dia.

Coisas que botam o São Paulo anos adiante dos demais.

E desnecessário será dizer que favoritismo não significa barbada e nem que o Imperador de Milão dará certo como, em 1985, não deu com o Rei de Roma, Paulo Roberto Falcão.

Mas a probabilidade de dar é enorme.

Em resumo, sem gastar nada além do que cabe em seu orçamento, o São Paulo já fez a melhor contratação da temporada.

Elementar, meu caro blogonauta.

Escrito por Juca Kfouri às 17h59




Comentário Blog do Citadini:
O texto do jornalista Juca Kfouri, no seu blog no dia de hoje, 19/12, é um equívoco só. Dizer que o São Paulo terá o jogador porque tem o "melhor Centro de Recuperação" é lenda pura. Na verdade, a Inter desistiu de contar com o atleta nesta temporada (2007/08). Também não é grande novidade. Desde 2006,logo após a Copa, os problemas do jogador brasileiro na equipe de Milano se agravaram. Sem esperança de contar com o atleta na atual temporada, liberou-o para treinar no Brasil, com duas informações claras da mídia italiana: primeiro, o jogador não poderia falar à imprensa; e ,segundo, deixaria de pagar os salários do atleta. Para tentar a recuperação o agente do jogador o trouxe ao São Paulo. A Inter não acredita que a situação do atleta tenha mudado muito. Caso este fosse seu entendimento, levaria de volta Adriano para Milano. Tudo continua igual: o atleta fica no Brasil (sem receber da Inter) e agora passa a ter algum salário. A lorota da visita do médico da Inter, que teria ficado impressionado com a recuperação, não bate com a realidade. Adriano continua aqui porque a Inter não crê que, por enquanto, algo mudou. Seu atleta está com problema, liberado para ficar no Brasil, sem custo para o Clube italiano. O São Paulo quer uma beirada, alegando que o jogador precisa continuar o tratamento (que tratamento?), e a Inter não acredita que contaria com o atleta nesta temporada. Então fica tudo como está. Vamos torcer para que Adriano volte a ser o Imperador e, quando isso ocorrer, a equipe italiana retomará o contrato e receberá o jogador. Neste episódio todo o SPFC é como o garçon na Santa Ceia: não aparece. Elementar, meu caro Juca.



 Escrito por blogdocitadini às 22h20 [] [envie esta mensagem] []






Orçamento/08


Em reunião, Cori aprova orçamento do Corinthians para 2008

São Paulo (SP) - Por oito votos a quatro, os membros do Conselho de Orientação Fiscal (CORI) do Corinthians aprovaram na noite desta terça-feira a previsão do orçamento feito pela gestão Andrés Sanchez para o próximo ano.

As contas foram apresentadas de forma simplificada aos conselheiros, o que irritou alguns membros. Porém o vice-presidente de finanças, Raul Corrêa da Silva, assegurou que o documento integral será apresentado posteriormente.

O dirigente também revelou que espera fechar até a próxima semana o novo contrato de patrocínio. O acordo com a empresa de produtos eletrônicos Samsung foi rompido nesta semana e, segundo Corrêa, o novo patrocinador deve render cerca de R$ 15 milhões anuais ao Timão.


(Gazeta Esportiva, http://www.gazetaesportiva.net/ge_noticias/bin/noticia.php?chid=111&nwid=21793, 19/12/2007, 00h02)



 Escrito por blogdocitadini às 11h21 [] [envie esta mensagem] []






Xô, MSI!

Bicho preguiça.

Em tensa reunião ontem, o Conselho de Orientação corintiano aprovou que seja feita interpelação ao departamento jurídico do clube para que se explique a demora em romper na Justiça o acordo com a MSI.

No papel.

Segundo o vice jurídico Sérgio Alvarenga, o Corinthians encontrou, em reunião no sábado, uma forma para o fim do contrato. Promete levá-la ao Conselho Deliberativo amanhã. A rescisão amigável está descartada.

Ricardo Perrone

(Folha de S.Paulo, Folha Esporte, Painel FC, 19/12/07)



 Escrito por blogdocitadini às 11h19 [] [envie esta mensagem] []






Vida nova

Antonio Carlos: "Ninguém tem dó do Corinthians"


Sábado, 15 de dezembro de 2007, 09h54
Luciano Borges
do Blog do Boleiro

Terra Magazine

O ex-jogador Antonio Carlos, novo gerente de futebol do Corinthians
Há quase duas semanas, Antonio Carlos anda sempre com um rádio e um telefone celular. Este último tem uma campainha com som de buzina de caminhão. Ela toca sem parar. O que assusta o novo gerente de futebol do Corinthians. "Eu nunca deixei de atender o telefone, mas está demais", disse no meio da entrevista ao Terra Magazine, realizada na sala de imprensa do clube.
Em uma hora de conversa, o celular tocou cinco vezes. O rádio foi acionado outras três. Antonio Carlos olhou os números que chamavam, mas não atendeu as ligações. Somente quando o vice-presidente de futebol Mário Gobbi o chamou, ele deu o retorno. "Estou acabando aqui e já vou para a sala", disse antes de tomar conhecimento de mais uma rodada de negociações com representantes de atletas.
Até o dia 3 de janeiro, Antonio Carlos era jogador de futebol profissional, com passagem por clubes grandes como Palmeiras, São Paulo, Corinthians e Santos, além do Roma (Itália). Atleta de seleção brasileira, ele conta que nunca precisou de um empresário para fechar contratos com as equipes onde passou.
No Corinthians, ele tem a missão de ajudar a formar o grupo que vai começar a temporada de 2008. Já trouxe o técnico Mano Menezes, ex-Grêmio, que sondou ainda quando atuava pelo Santos. Na primeira tentativa de negociar com um jogador do próprio Corinthians, ele foi a público revelar que Felipe achou pouco receber cerca de R$ 55 mil mensais.

O gesto irritou os agentes do goleiro. "Ele não poderia levar à público o que conversamos dentro de uma sala", disse o empresário Bruno Paiva. Resultado: Felipe pode deixar o Parque São Jorge e se mudar para o Fluminense.
Quando Antonio Carlos foi contratado pelo velho amigo Andrés Sanchez (presidente do Corinthians), o então vice de futebol Antoine Gebran já tinha acertado a vinda do atacante Lima e do atacante Rafinha. O novo gerente adquiriu os direitos do zagueiro Chicão, ex-Figueirense. Na sexta-feira, 14, foi anunciada a contratação do zagueiro da seleção chilena sub-20, Cristian Suárez.
Os negócios com o Corinthians são de difícil realização. Motivo: "Ninguém tem dó. Tratam o Corinthians como se fosse da Série A e estivesse muito bem financeiramente", diz Antonio Carlos.
No balanço pessoal que faz dos primeiros dias no cargo, ele parece satisfeito. E já percebeu que os dias regrados e saudáveis do jogador já são coisa do passado.



Terra Magazine - Você está gostando de ser gerente de futebol?

Antonio Carlos - Estou gostando. É lógico que era melhor quando eu era jogador, mas a carreira de atleta acaba. Eu ainda alonguei um pouco a minha permanência, até os 38 anos. Mas já pretendia, lá no íntimo, permanecer neste meio. Eu gosto de futebol. Agora, é como eu disse: era bem mais fácil quando eu era jogador.

Terra Magazine - Você consegue fazer as refeições como fazia quando jogava?

Imagina, não. Nesta semana, não almocei na segunda. Na terça, comi quando o restaurante do clube já estava fechando. Na quarta, almocei com um empresário de jogador. Ainda levei dois dos meus filho na escola e fui ao restaurante. Ontem (quinta-feira), viajei. Quer dizer, não tem mais vida regrada, com horários certos, tempo para descanso. Mas eu me preparei para isto.

Terra Magazine - E o preparo físico?

Até por causa das exigências desta nova profissão e do momento que o Corinthians está passando, sei que vai ser mais difícil neste primeiro momento. Nós queremos mudar a cara do Corinthians, torná-lo diferente do que foi nos dois últimos anos. Não tenho tido tempo para fazer exercícios, cuidar da forma. Mas, mesmo quando eu era jogador e entrava em férias, eu ficava 15 dias parado, sem fazer nada mesmo. Depois, nas duas últimas semanas, eu treinava e chegava no peso certo.

Terra Magazine - Lá em casa, como andam as coisas? Você divide com sua mulher o que passa no Corinthians?
Conto algumas coisas para ela. A Sônia reclama do pouco tempo que estou passando em casa. Eu falo pra ela que estou começando numa nova profissão e que esta fase vai aliviar com o tempo. Não vai ser para sempre. Já disse: estamos reformulando tudo aqui no Corinthians.

Terra Magazine - Por enquanto, então, nada de diversão no cargo?

Até agora não tive nenhuma diversão. Estamos reformulando o elenco, mexendo com pessoas, tentando chegar ao que considero ideal para o clube. Às vezes, tenho divergências com meus diretores e preciso conversar, chegar num consenso. É. Até agora, nenhuma diversão.

Terra Magazine - O trabalho então é dobrado?

Pois é, estou tendo que mostrar fôlego. Mas devo passar o Natal em Dourados e depois volto para Presidente Prudente, onde fico para o Ano Novo. Minha mulher está me cobrando uma viagem no Carnaval. Se tudo der certo, passo uma semaninha com ela.

Terra Magazine - Quantos empresários e procurados você conheceu nestes 12 dias?

Pô, não sabia que tinha tantos (risos). Acho que já falei com uns 100. Eu nunca fui de falar ao telefone. Eu detesto, na verdade. Mas não saio do telefone há dias. Chega uma hora que você não tem mais o que conversar (o telefone toca, Antonio Carlos, olha para o o número que está chamando e não atende). Está vendo? O que eu estava falando? Ah, então, quando estou em casa eu desligo. Se não eu só vou fazer isso.


Terra Magazine - E a quantidade de jogadores oferecidos?

Cada procurador me oferece uns dois, três atletas. É difícil eles falarem de um só. Tem muita gente sendo oferecida. Se o Brasil tivesse tantos craques quanto o que me falam os empresários, daria para formar umas 10 seleções.

Terra Magazine - Você concorda com a afirmação de que a Série B não é lugar para craques, mas sim para jogadores de raça, competitivos?

Não. Não acho isso. Estamos montando um time com o nome do Corinthians e, independente de estarmos na Série A ou Série B, esta é uma marca muito forte. O (técnico) Mano Menezes está de acordo que a gente deve disputar os torneios deste ano com um time forte, com jogadores de técnica apurada. O corintiano espera uma equipe com a cara dele: de muita raça, disposição pra tudo, dentro e fora do campo. Mas é possível também colocar talento.

Terra Magazine - Como você definiram a lista de reforços? Você já vinha conversando com o Mano Menezes antes do anúncio da contratação?

Não. Foi assim. Eu falei duas vezes com o auxiliar-técnico dele, o Sidney, com quem joguei no São Paulo. Na primeira vez, eu liguei para saber da possibilidade dele trabalhar com a gente. O Sidney retornou e disse que ele não falaria até o dia 3 de janeiro, até porque ele tinha o jogo do Grêmio contra o Corinthians. Depois, ele voltou a me ligar para dizer que ele não iria intermediar a negociação e indicou o empresário Carlos Leite, o mesmo do meia William. No dia 3, às sete da manhã, eu liguei para ele e marquei uma reunião no Riod e Janeiro. O Carlos disse para ter calma, porque o Mano ia conversar antes com o Cruzeiro.

Terra Magazine - Como foi esta reunião?

Na terça-feira, dia 4, eu e o presidente Andrés Sanchez fomos ao Rio para conversar com o Mano Menezes. Passamos para ele o que queremos do Corinthians. O Mano citou as posições que ele considerava carentes e bateu com o que a gente já achava. Aí discutimos nomes de jogadores. Fizemos uma lista com três níveis de qualidade, de perfil e disposição.

Terra Magazine - O Corinthians tem dinheiro para trazer reforços?

Dinheiro, não tem mesmo. Aí é uma política determinada pelo presidente. Às vezes, deixa de pagar um jogador agora, para acertar daqui quatro meses. Vamos negociando e vendo o que é possível fazer. Temos que convencer o jogador que é bom para ele jogar no Corinthians.

Terra Magazine - Como você formula uma proposta? Como chegar a um preço?

Eu sei os valores do mundo dos jogadores. Em cima disso, procuro negociar. Antes, tento saber quanto o jogador ganha. Também conheço várias pessoas no meio. Eu ligo para uma que conhece o atleta e pode me ajudar. Foi assim com o (zagueiro) Chicão, do Figueirense. Eu liguei para uma pessoa e soube o quanto ele ganhava. Aí fiz uma proposta. O procurador dele é o ex-jogador Raudinei. E ele foi muito ético. Nos deu prioridade e a manteve até o final.

Terra Magazine - Você teve empresário quando jogava?

Não. Antigamente era diferente, nem precisava tanto. Acho que a qualidade também era diferente, os jogadores eram melhores né (risos). Eu joguei numa época com poucos empresários. Isso aumentou lá para 1994 e 1995. Também não tinha tanto dinheiro. Eu cuidava da minha carreira. Quando deixei o São Paulo para jogar no Albacete (Espanha), o Torçal (empresário) serviu de intermediário. E foi só. Voltei para o Palmeiras, fui para o Kashima Reysol, vim para o Corinthians, me transferi para a Roma e outros times sempre conversando com os dirigentes dos clubes.

Terra Magazine - Você era tinhoso para fechar contratos?

Sempre soube fazer bem os meus contratos. Não me arrependo não. É que era diferente. Os jogadores não ganhavam tanto lá na Europa. Mas procurei investir bem o que ganhei.

Terra Magazine - Você precisa trabalhar para se sustentar?

Eu trabalho porque é importante aprender novas coisas, me tornar melhor e estar sempre ativo. Não quero ficar longe do futebol. Futebol sempre foi a minha praia. Com 38 anos, não dá para ficar em casa. Mas poderia, se quisesse.

Terra Magazine - Depois de falar com tantos empresários, não pintou nenhuma "proposta indecente"?

Nada. Eu vim para o Corinthians com carta branca para negociar com os empresários. O dia em que eu não puder fazer o que quero, pego o boné e vou embora. Como eu disse, consegui guardar o que ganhei e levo uma vida tranqüila. Além disso, tenho um cara aqui dentro - o presidente Andrés Sanchez - que é meu irmão. Então, se alguém falar alguma coisa, propor algo errado, eu vou revelar.

Terra Magazine - Você revelou os números da proposta de aumento que o Corinthians fez para o Felipe. Por quê?

Faz parte da nossa política de transparência. Assim o torcedor sabe o que estamos fazendo.

Terra Magazine - Você levou um susto quando os empresários do Felipe recusaram a oferta?

Não digo que levei um susto, mas o Felipe...Eu vejo futebol assim: o Felipe veio para cá há cinco meses, com contrato assinado até 2011. Portanto ele tem mais três anos pela frente. O Felipe chegou no Corinthians e teve ótimas atuações. Ganhou um aumento há dois meses e então propusemos outro aumento agora. Um ótimo aumento. Se calcularmos, o Corinthians passará a pagar 150% mais do que ele recebia há três meses. Então o contrato não vale nada? Outra coisa: eles estão pedindo alto para o futebol brasileiro. O Felipe precisa se enquadrar na realidade do Corinthians.

Terra Magazine - Os jogadores que interessam a você têm dó da situação financeira do Corinthians?

Esta é a principal dificuldade que estamos enfrentando. Estamos na Série B, mas os números são os mesmos da Série A. Mesmo com todas as dificuldades, os empresários falam com a gente como se estivéssemos muito bem. Vamos tentar arrumar o time assim mesmo. Estamos procurando parcerias com pessoas que queiram colocar dinheiro aqui. Conheço pessoas de fora, que querem investir no futebol. Estou tentando convencê-los a investir no Corinthians.

Terra Magazine - Você está gostando de você?

Ah, estou. Nós conseguimos trazer um dos três principais treinadores do Brasil, que é o Mano Menezes. Além dele, tem o Vanderlei Luxemburgo e o Murici Ramalho. Consegui trazer o Chicão, que muita gente queria. Mesmo internamente, já mudamos alguma coisa.

Terra Magazine - Por exemplo...

Na área da segurança. Já está decidido que vamos ter três seguranças fixos, acompanhando a delegação 24 horas por dia. Teremos outros seguranças trabalhando, mas só estes três vão ficar próximos do time. É uma questão de confiança. É melhor trabalhar com menos pessoas.


Terra Magazine



(Terra Magazine, http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI2154355-EI6615,00.html, 15/12/2007, 9h54)



 Escrito por blogdocitadini às 07h43 [] [envie esta mensagem] []






Nota Oficial


Samsung não é mais patrocinadora do Corinthians


Clube e empresa não chegaram a um acordo quanto aos valores para a temporada de 2008



Por Sport Club Corinthians Paulista



O Sport Club Corinthians Paulista agradece imensamente à parceria realizada com a Samsung e esclarece à imprensa que o relacionamento comercial mantido entre as partes foi rompido porque a empresa fez valer a cláusula contratual de redução de valores.


Segundo tal disposição, à Samsung cabia o direito de revisar a remuneração do patrocínio caso o time profissional do Corinthians não participasse da Série A do Campeonato Brasileiro. Neste caso, se as partes não chegassem a um acordo quanto aos novos valores, a Samsung poderia rescindir o contrato.


Como o Corinthians não aceitou a redução proposta pela empresa, a Samsung houve por bem notificar o clube do término do relacionamento comercial.


Somos gratos por todo o período em que essa vitoriosa parceria vigorou e o Corinthians estará sempre de portas abertas à Samsung, bem como aos seus colaboradores.


Garantimos à Fiel Torcida que iniciaremos de imediato os contatos para anunciar com a maior brevidade possível o novo parceiro de nossa Nação.




(SC Corinthians Paulista, http://www.corinthians.com.br/noticias/noticias_detalhes.asp?id=649, 18/12/2007, 14h04)



 Escrito por blogdocitadini às 15h33 [] [envie esta mensagem] []






O mais querido... da Globo

Dividida

Messi é quem deveria ter ganho o prêmio. O Kaká jogou bem no Milan por causa do técnico. Mas, quando nos enfrentava, só perdia.

(Antonio Roque Citadini, Conselheiro do Corinthians.)

(Folha de S.Paulo, Folha Esporte, Painel FC, 18/12/2007)



 Escrito por blogdocitadini às 09h32 [] [envie esta mensagem] []






Situação russa

Justiça mantém prisão de Berezovsky

Pedido de revogação da prisão preventiva foi do iraniano Nojan Bedroud, parceiro de Kia

Do GLOBOESPORTE.COM em São Paulo

O Tribunal Regional Federal de São Paulo negou nesta segunda-feira pedido do iraniano Nojan Bedroud de relaxamento da prisão, decretada em julho. A segunda turma da 3ª região também ratificou as prisões do russo Boris Berezovsky e do iraniano Kia Joorabchian, ex-chefão do Grupo MSI no Brasil.

Os três respondem a processo pelos crimes de lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, por causa da parceria Corinthians/MSI. Também respondem aos crimes o ex-presidente do Corinthians, Alberto Dualib, e o empresário Renato Duprat, que intermediou o acordo. Estes não tiveram a prisão decretada.

Como moram fora do Brasil, Bedroud, Berezovski e Joorabchian seguem em liberdade.

G1.com.br

(Globo Esporte, http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/Futebol/Corinthians/0,,MUL223470-4402,00-JUSTICA+MANTEM+PRISAO+DE+BEREZOVSKY.html, 17/12/2007, 17h43)



 Escrito por blogdocitadini às 07h57 [] [envie esta mensagem] []






Herança maldita... da MSI-II

Corinthians sela acordo com Passarella

Diretoria do Corinthians entra em acordo com ex-treinador

Por Sport Club Corinthians Paulista

A direção do Sport Club Corinthians Paulista selou um acordo com o ex-treinador Daniel Passarella para dar fim ao processo que o argentino movia contra o clube na Fifa.

Pelo acordo, a dívida foi reduzida de 1,9 para 1,7 milhões de dólares e o Corinthians se comprometeu a pagar esse montante em 18 parcelas mensais.

O contrato desse acordo será assinado na próxima quarta-feira, quando os advogados do Corinthians vão à Buenos Aires para se encontrarem com os representantes do treinador argentino.

SC Corinthians Paulista

(SC Corinthians Paulista, http://www.corinthians.com.br/noticias/noticias_detalhes.asp?id=641, 17/12/2007, 17h07)



 Escrito por blogdocitadini às 07h48 [] [envie esta mensagem] []






Força do Timão

Corinthians: Pré-venda de kit paga 10 salários de Felipe

Por Luciano Borges

Até o meio-dia desta segunda-feira, a pré-venda do kit "Eu nunca vou te abandonar" atingiu a marca de 11 mil pedidos on-line. Os compradores vão receber a camiseta, a pulseira e o adesivo via correio, em datas estabelecidas no site do clube, no ato da compra.

A loja do clube deve receber o material para venda direta já nesta terça-feira. O curioso é que a camiseta com os dizeres "Eu Nunca Vou Te Abandonar" não foi feita pelo fornecedor do uniforme que também patrocina o time do Corinthians.

Somente na pré-venda, o clube já arrecadou mais de meio milhão de reais (R$ 548.900,00), quase dez meses de salário mensal (R$ 55 mil) oferecido como aumento para o goleiro Felipe.

(Terra Magazine, Blog do Boleiro, http://fotolog.terra.com.br/blogdoboleiro:303, 17/12/2007, 17h26)



 Escrito por blogdocitadini às 07h33 [] [envie esta mensagem] []






Herança maldita... da MSI

Corinthians paga Lyon sem cartas de crédito do Werder

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, afirmou nesta segunda-feira que acertou o pagamento da dívida com o Lyon no caso do atacante Nilmar, mas não recebeu as duas cartas de crédito referentes às parcelas do pagamento do meia Carlos Alberto, junto ao Werder Bremen.

Sanchez viajou para a Alemanha nesta segunda-feira para negociar junto ao Werder a entrega das cartas de crédito, mas retornou ao Brasil sem receber a documentação.

"Negociamos com os dirigentes do Bremen para obter a carta de crédito, mas infelizmente o acordo não foi possível. Os alemães decidiram depositar em juízo dois milhões de euros (cerca de R$ 5,23 milhões) no próximo mês de janeiro e mais dois milhões de euros em dezembro de 2008", disse.

Os alemães negociaram a transferência de Carlos Alberto com representantes do MSI, mas o Corinthians só assinou a liberação. O Bremer, para se precaver, preferiu depositar em juízo, com medo de futuras cobranças do MSI.

Apesar do contratempo, Sanchez conseguiu fechar o acordo com o Lyon. O Corinthians acertou que pagará a primeira parcela ainda este mês, a segunda até o final de junho de 2008 e a terceira até 31 de dezembro do próximo ano.

O time francês se comprometeu em retirar o caso da Fifa e, ainda, a fazer no próximo ano um amistoso contra o Corinthians no Brasil, em uma data favorável para as duas equipes e sem custos.

"O problema com o Lyon era um dos mais graves para o clube financeiramente e, com o acordo, voltamos para o Brasil aliviados. Continuaremos trabalhando para alcançarmos mais vitórias fora do gramado como essa", disse.

Lancepress!

(Terra Esportes, http://esportes.terra.com.br/interna/0,,OI2160745-EI2011,00.html, 17/12/2007, 20h03)



 Escrito por blogdocitadini às 07h14 [] [envie esta mensagem] []






Parabéns, Milan!

Milan comemora o primeiro título mundial em seu site oficial

TimãoNet - Thiago Augusto Rodrigues

Tetra? Nada disso. Em seu site oficial, o Milan comemora seu primeiro título mundial, oficializado pela Fifa. Em nenhum momento eles juntam seus três títulos da Copa Intercontinental com o Mundial da Fifa. Veja abaixo foto retirada do site oficial do clube:


Reprodução do sítio do Milan


Milan se junta a Corinthians, São Paulo e Internacional-RS como os únicos campeões mundiais da Fifa.
(TimãoNet, http://www.timaonet.com.br/noticias.asp?cod_noticia=6746, 16/12/2007, 15h08)

Comentário do Blog do Citadini:

Muitos blogueiros criticam órgãos da Imprensa, que vêm dizendo que o Milan é tetra campeão mundial. Na Europa, os vencedores da Copa Intercontinental nunca se proclamaram "campeões mundiais", mas, sim, ganhadores de uma disputa entre Europa e América do Sul.
Mesmo no nosso continente, somente no Brasil existe esta história de os vencedores do torneio intercontinental se dizerem "campeões do mundo". Basta ver o sítio dos clubes argentinos, aonde a questão está clara.
Só aqui, terra dos Tapuias, Guaranys, Goytacazes e Tupiniquins, confrontando-se com o Mundo, proclamam os ganhadores da Copa Intercontinental como Campeões Mundiais. É explicável que emissoras de televisão, que durante anos venderam para telespectadores e anunciantes que estavam transmitindo um campeonato mundial, nos dias de hoje, não possam voltar atrás e dizer que aqueles eventos não eram o que vendiam. Fiquem calmos os jornalistas indígenas, isto também ocorreu nos anos 1930, quando a FIFA organizou o primeiro campeonato mundial de seleções no Uruguai. Por aqueles tempos, muitos países haviam organizado algum tipo de competição, proclamando seus vencedores campeões mundiais. França, Itália e outros tais tinham coleções de títulos. Com o campeonato organizado pela FIFA, o que sobrou foi o esquecimento. Ninguém hoje se lembra do que ocorreu naquela fase anterior a 1930, os campeões de então permanecem em seus países com taças empoeiradas. A grita é grande, mas prevalece aqui a verdade dos tempos. Os fatos são mais fortes do que a propaganda.
Parabéns ao Milan, primeiro time europeu campeão mundial de clubes.



 Escrito por blogdocitadini às 11h31 [] [envie esta mensagem] []






Descoberta a bola

Milan segue a Fifa na contagem dos títulos

O anúncio do presidente da Fifa, Joseph Blatter, neste sábado ignorando os torneios interclubes antes de 2000 já fez efeito para o Milan. O time italiano, campeão do Mundial neste domingo, coloca em seu site (www.acmilan.com) que o clube possui apenas um título mundial da Fifa e três da Copa Intercontinental.

Se os brasileiros seguirem a mesma linha, apenas Corinthians, Internacional e São Paulo serão os únicos, oficialmente, consagrados com o título mundial. Já Santos, Flamengo e Grêmio, campeões da Copa Intercontinental (o chamado Mundial, disputado até 2004), ficariam de fora da lista dos campeões do mundo. O que você acha da discussão?

Uol Esporte. Blog da redação.

Comentário do Blog do Citadini:

A redação da Uol Esporte acaba de descobrir a bola. O Milan separa - no seu sítio - o Mundial de Clubes (ganhou, hoje, um) e a Copa Intercontinental (venceu três). Palmas para a redação da Uol Esporte. Falta apenas uma nova descoberta, pois na matéria em que noticiam a escolha de Kaká como o "Bola de Ouro" do Mundial da Fifa/07 lembra que outro brasileiro também havia ganho no passado: Rogério Ceni. Faltou a redação "descobrir" que o primeiro vencedor foi o jogador Edilson no Mundial/00. Lembram daquela finta do capeta no jogo contra o Real Madrid? Deveriam lembrar. Esperemos novas descobertas.



 Escrito por blogdocitadini às 17h25 [] [envie esta mensagem] []






Fifa /2000

CORINTHIANS: PRIMEIRO CAMPEÃO MUNDIAL DE CLUBES

Corinthians do Brasil tornou-se o primeiro campeão oficial mundial de clubes.

O time de São Paulo ganhou pela margem mais estreita possível - batendo o Vasco da Gama do Rio de Janeiro numa disputa de pênaltis ao final de um empate sem gols no estádio do Maracanã.

Os dois times estiveram absolutamente juntos em uma empolgante luta, primeiro ao longo dos 90 minutos regulamentares e depois nos 30 minutos seguintes da prorrogação. Uma multidão rouca de 73.000 pessoas incentivava seus favoritos, mas a bola recusava-se a entrar, não somente por causa de algumas finalizações ineptas mas também em razão de algumas boas defesas.

Na disputa, cada goleiro defendeu um pênalti, mas o Vasco perdeu dois, sendo o chute vital colocado para fora por um dos mais excepcionais jogadores do torneio, Edmundo.

Assim, o Corinthians fez história no futebol, levando a nova taça de prata e reivindicando o título inédito de campeão do mundo de futebol. As medalhas de bronze do torneio inaugural foram para o Necaxa do México, que também precisou passar por uma disputa de pênaltis para superar o Real Madrid após empate de 1x1.

www.fifa.com



 Escrito por blogdocitadini às 17h03 [] [envie esta mensagem] []






Milan vence Mundial

Società e Albo d'Oro
MILAN

Dati società

Sede
Via Turati 3 - 20121 Milano Tel. (02) 62281 - Fax (02) 6598876

Campo di allenamento
Centro Sportivo Milanello - Via Milanello 25 Carnago (VA) - Tel. (0331) 991174

Anno di fondazione
1899

Sito Internet
www.acmilan.com

Colori sociali
Maglia a strisce verticali rosso-nere, calzoncini bianchi, calzettoni neri con bordo rosso

Stadio
Giuseppe Meazza

Dirigenza

Presidente
Silvio Berlusconi

Vice Presidente Vicario
Adriano Galliani (Amministratore Delegato)

Vice Presidente
Paolo Berlusconi, Gianni Nardi

Direttore Generale
Ariedo Braida

Staff tecnico

Allenatore
Carlo ANCELOTTI

Allenatore in 2^
Mauro Tassotti

Allenatore portieri
William Vecchi

Allenatore Primavera
Filippo Galli

Team Manager
Silvano Ramaccioni

Preparatore atletico
Daniele Tognaccini, Giovanni Mauri (Vice)

Medico sociale
Jean Pierre Meersseman (Coordinatore Milan Lab), Armando Gozzini, Massimiliano Sala

Massaggiatore
Roberto Boerci, Roberto Morosi (Massofisioterapista), Johannes Breum (Chiropratico)

Albo d'Oro

Competizione
Serie A 17
Coppa Italia 5
Supercoppa Italia 5
Serie B 2
Mondiale Club 1
Coppa Intercontinentale 3
Supercoppa Uefa 5
Champions League 7
Coppa Delle Coppe 2
Coppa Latina 2
Mitropa Cup 1
Primavera 1
Coppa Italia Primavera 1
Torneo Di Viareggio 8
Mundialito 1

La Gazzeta dello Sport

Comentário do Blog do Citadini:

Parabéns ao Milan por ter vencido, no dia de hoje, 16/12/2007, o Campeonato Mundial de Clubes da Fifa. Com esta conquista a equipe milanesa chega ao número de 18 títulos internacionais. Viva!



 Escrito por blogdocitadini às 15h09 [] [envie esta mensagem] []






Sofrimento da Globo

Locutor ignora titulo do Timão, leva dura e volta atrás!!!

O locutor Galvão Bueno, da "TV Globo", acordou com o pé esquerdo. Na transmissão da decisão do quarto Mundial da Fifa, entre Milan e Boca Juniors, simplesmente ignorou título do Timão (foto). E levou bronca.
Por Chico Lang

O locutor Galvão Bueno, da TV Globo, acordou com o pé esquerdo. Na transmissão da decisão do quarto Mundial da Fifa, entre Milan e Boca Juniors, simplesmente ignorou o título do Timão. E levou bronca. Participavam com ele da transmissão, o comentarista e ex- jogador Falcão e o ex-árbitro Arnaldo César Coelho. Galvão rasgou elogios para o São Paulo e o Internacional e nada de falar do Timão. Não durou cinco minutos e ele voltou atrás, lembrando que a Fifa havia oficializado o título alvinegro na véspera (ver notícia neste site).

No entanto, insistia em dar a informação incorreta. Para ele, o Boca e Milan tinham três títulos mundiais, Flamengo um, Santos dois e Inter um e assim por diante. Colocava também, no intervalo, o Timão na lista de ouro. Para ele, os brasileiros somavam, ao todo, nove conquistas. Só que não levou em consideração a seperação da própria Fifa, entre decisão Interclubes e Mundial de clubes, que começou para valer em 2000, no Maracanã, na decisão entre Vasco e Corinthians.

O imperdoável não foi o erro, mais insistir na informação furada. E ainda por cima tirou um sarro do Coringão, alegando que a decisão da Fifa, pelo menos, dava um alento para a Fiel torcida, que vi o time sendo rebaixado para a Segundona. A Globo tem no Corinthians o seu maior investimento em termos de futebol, com os índices de Ibope atingindo uma média de 25 a 30 pontos, superando até novelas em todos os horários. Faltou bom senso e respeito.

Sítio do Chicolang.com.br

Comentário do Blog do Citadini:

A transmissão da Globo foi um sofrimento só. Em todos os momentos o locutor brigava com os fatos. Não poderia dizer que os "Mundiais" que transmitiu nas últimas décadas eram a Copa Intercontinental e nada de Mundial. Inventaram que a Fifa decidu "ontem que o primeiro Campeão do Mundo é o Timão". Criaram a história que o Milan é tetra campeão mundial. Poderiam acessar os jornais da Europa ou o próprio sítio do Milan. E veriam que o tal mundial só existe para os Tapuias, os Guaranys e os Goytacazes. O mais duro, porém, aconteceu quando o locutor deu uma de tradutor das palavaras dos jogadores italianos. Traduzir "mai" por "mas" e "anima" por "animação", foi duro.



 Escrito por blogdocitadini às 13h19 [] [envie esta mensagem] []






Nota do Clarin

Boca va por el título en Japón

Se enfrenta al Milan en la final del Mundial de Clubes en Yokohama. Un cambio en el equipo de Russo: González por Vargas, suspendido. En caso de empate habrá alargue sin gol de oro. Si todo sigue igual, se definirá por penales. Televisa Fox Sports.

Boca y Milan definen el Campeonato Mundial de Clubes, en un choque que reeditará el duelo que protagonizaron también en Japón en 2003. El partido se iniciará a las 7.30 en el International Stadium Yokohama, que estará colmado por 60.000 espectadores, de los cuales unos 2.500 serán hinchas xeneizes. El árbitro del encuentro será el mexicano Marco Rodríguez. Televisa Fox Sports.

El equipo de Miguel Angel Russo llegó a la final tras derrotar en Tokio al Sportive du Sahel, de Túnez, 1 a 0, con gol del mendocino Neri Cardozo, pero en ese mismo partido sufrió la expulsión del mediocampista colombiano Fabián Vargas, quien será reemplazado por el uruguayo Alvaro González.

El Milan, sin convencer, derrotó por 1-0 al campeón asiático, el Urawa Red Diamonds, de Japón, también por 1 a 0, con un tanto marcado por el holandés Clarence Seedorf.

La historia marca que ambos conjuntos han ganado 17 títulos internacionales, por lo que también se podrán en juego el sello de "Rey de Copas", ya que Boca, a lo largo de su historia, ganó seis Copas Libertadores de América, tres Intercontinentales, dos Sudamericanas, tres Recopas, una Supercopa, una Copa Master y una Copa de Oro. El Milan, en tanto, obtuvo siete Liga de Campeones, dos Copas UEFA, cinco Supercopas europeas y tres Intercontinentales.

El Clarin, 16/12/07

Comentário do Blog do Citadini: A imprensa argentina, como sempre, informa de forma precisa o que está em disputa. O grande diário argentino nunca tratou a Copa Intercontinental de "Campeonato Mundial". Somente aqui, a mídia Tapuia, vive dizendo de forma equivocada que bode é leitão. Forza Boca!



 Escrito por blogdocitadini às 08h16 [] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 


BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Bela Vista, Homem, de 56 a 65 anos, Portuguese, Italian, Arte e cultura, Esportes





     
     




    Rádio Ópera
     
     

    Dê uma nota para meu blog